Organização de Jovens Espíritas

Um mundo melhor OJE!

Quem nunca foi questionado por um leigo, sobre um
determinado ponto da Doutrina Espírita, e sentiu alguma dificuldade para explicar de forma simples e didática?


Através de livros, novelas e filmes, o Espiritismo tem sido bastante divulgado. Para quem já conhece a Doutrina, a compreensão sobre o que é exibido é fácil e natural ou, em certos casos mais complexos, temos os meios para buscá-la.

O mesmo, a princípio, não ocorre com as pessoas leigas, que se deparam com essas informações, as quais, por vezes, geram curiosidades e dúvidas. E, para saná-las, geralmente, procuram algum Espírita.

 

Então gostaria até de saber se existe algum livro que contenha respostas curtas e diretas para esses casos.

 

É claro que não vamos fazer uma exposição doutrinária pra pessoa, mas também não podemos deixá-la sem resposta. Tem que ser algo simples e, caso desperte o interesse, poderemos indicar obras mais completas.


O que vocês acham?

Exibições: 83

Responder esta

Respostas a este tópico

Bem, gostei demais do tópico e já me deparei nessa situação diversas vezes.
Se dizer Espírita é um compromisso que varias vezes se da de frente com essa questão de esclarecer.

Eu gosto muito de indicar O Livro dos Espíritos e complementar com alguma obra didática de linguagem mais simples como um bom romance. Costumo indicar o romance Luar Peregrino, que além de eu tirar muitas dúvidas, gostei muito da história.

Nao sei bem se consegui responder bem ao tema aqui proposto, mas ta ae !

Abração!
Aí que tá Douglas!

Com relação a indicar O Livro dos Espíritos, não serão todos os casos que será possível. Por exemplo, para pessoas de outras religiões que não tenham o menor interesse de estudar a Doutrina.
Além disso, essa Obra Básica requer certa dedicação e atenção para estudá-la, o que muitas vezes já torna inviável indicar para determinadas pessoas.

Sobre ao livro Luar Peregrino, não o conheço, mas já vai para minha lista de livros a serem lidos!

O que eu procuro saber mesmo, é com relação a respostas simples e curtas, embora determinados assuntos na Doutrina isso seja impossível. Mas a intenção é não deixar a pessoa sem resposta e ao mesmo tempo deixá-la curiosa para saber mais.

Por exemplo, qual seria a resposta para o seguinte questionamento: o que acontece com alma após a morte? Para onde ela vai?

Tente explicar de forma simples, rápida e didática, sem recorrer ao "espiritês". Para dificultar um pouco as coisas, suponha que vc esteja na rua e sem qualquer livro para te apoiar. E aí? Vc vai indicar O Livro dos Espíritos nessas horas? De repente, a pessoa apenas quer saber o ponto de vista de um espírita, sem a pretensão de estudar a Doutrina.
Sem contar que para ler O Livro dos Espíritos, a pessoa precisa ter uma breve introdução sobre o Espiritismo. Vc vai pedir para que ela leia as 18 introduções antes?

Claro que estou considerando que esta pessoa é totalmente leiga ao Espiritismo. Mas é interessante o dilema, não é? Será que as pessoas estão preparadas para estas situações?

Tentando responder àquele questionamento, pensei na seguinte resposta: com a morte, a alma se desprende do corpo físico e volta à vida espiritual. Gradualmente, a alma passa a ter consciência sobre sua situação de desencarnada (esse período é varíavel de espírito para espírito). Após esse momento, a alma ou o espírito buscará se relacionar em ambientes que lhe sejam afins, de acordo com o seu grau de desenvolvimento.

Bom, pelo menos foi uma tentativa!...hehehe

Abraço
Essa situação acontece muito para nós que estamos nessa doutrina que veio trazer tanto esclarecimento aos corações das pessoas que atualmente estão orfãos de amor e de esperança,não sou uma estudiosa que possa elucidar todas as duvidas que me são trazidas,mas gostaria de contar um caso que ocorreu no meu grupo de estudos,enquanto estudavamos o livro dos mediuns,em um dos tópicos,se dizia como proceder com aquela pessoa que se interessa pela doutrina mas que ainda não tem o conhecimento e as vezes a preparação para entende-la e aceita-la,pois então,no item (que no momento nao me lembro qual era,mas prometo pesquisar e trazer aqui ,risos) dizia se que devemos começar a doutrinar ou explanar sobre o espiritimos nos conceitos basicos,partindo dos preceitos espiritualistas para chegar a doutrina espirita,nao que nao possa ser possivel irmos direto aos ensinamentos da doutrina,mas seria dificil para alguem que nao aceita nem a existencia do espirito,crer que a morte é somente uma passagem e para um plano espiritual,aonde desprovidos do corpo fisico poderemos nos reabilitar e tentar novamente burilar nosso verdadeiro corpo que é o espirito,resumindo,na minha opinião referente a este trecho do livro dos mediuns achei valida a observação de que devemos tentar usar de palavras mas habituais daqueles que ainda nao professam da mesma crença que a nossa,afim de nosso objetivo,(o de ser entendido e de passar a mensagem do consolador) seja concretizado.
Marcel, concordo muito com voce e isso vai de pessoa para pessoa.
Há quem perguntei ja preparando o que contestar e há quem se preocupa de verdade em conhecer a questão sob o crivo espírita.
Levemos em consideração uma coisa - "Para beber uma água pura tem que se ir direto na fonte".
A fonte que recomendaria seria procurar no LDE, pelo menos é o que geralmente deveria ser.
Agora quanto a dar uma resposta simples sem recorrer a "espíritês" como disse, acho que devemos fundamentar a nossa resposta, por exemplo, "A vida continua pois Jesus disse em Lc. 12,13 que etc etc etc."
Se não tiver fundamento será em vão a resposta.

É, tentei também amigo, rsrs

abração !
Certamente que indicar a fonte é a melhor saída. É uma pena que nem todos tem a disposição necessária - se todos aceitassem seria muito mais fácil...hehehe
E o que falou sobre a fundamentação é importantíssimo. Aquela resposta mesmo que escrevi, foi com base no Livro dos Espíritos, O Céu e o Inferno e O que é o Espiritismo; aliás, o despertar do interesse das pessoas vem da indicação das fontes a elas, ou seja, que aquela resposta veio de algum lugar.

Sobre o que a Flavia escreveu também é muito válido: trazer primeiro a ideia do espiritualismo e depois os conceitos do Espiritismo é válido.

Bom, td isso porque uma amiga minha da Congressão Cristã do Brasil me perguntou qual é o destino da alma (depois de ter visto a novela). E é aquela coisa, por mais que expliquei o que o Espiritismo elucida, ela não me pareceu que tinha o interesse de mudar suas convicções.
A gente precisa dosar muito: não pode ser nem muito técnico e nem muito banal nas explicações.
Os questionamentos realmente acontecem no cotidiano. Nosso esclarecimento poderá dissipar alguma dúvida imediata ou levar luz a alguma mente atormentada. As sugestões bibliográficas deverão ser compatíveis com o tema que gerou curiosidade. Mas é de fundamental importância o estudo das obras básicas por todo espírita para que nesses momentos a explanação e compreensão fluam da melhor maneira.

O que é o Espiritismo?

 

Livro sensacional!

Responder à discussão

RSS

A OJE foi criada com o ideal da união de jovens espíritas, sua sede é em Uberlândia-MG onde trabalhamos para união de mocidades da cidade.

Badge

Carregando...

Notas

Confira os destaques do Movimento Espírita na Europa

Criado por Redação OJE 25 Jul 2010 at 19:11. Atualizado pela última vez por Redação OJE 25 Jul, 2010.

Filme "Nosso Lar" leva às telas o famoso livro de Chico Xavier

Criado por Redação OJE 25 Jul 2010 at 18:44. Atualizado pela última vez por Redação OJE 25 Jul, 2010.

© 2019   Criado por OJE.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço