Organização de Jovens Espíritas

Um mundo melhor OJE!

Há muito tempo atrás, na cidade de Santos – SP, foi aberta uma das primeiras casas espíritas.
Para se ter uma reunião nela (com palestras e passes) tinha que ficar um vigia do lado de fora para alertar quando estivesse chegando a policia, pois os padres católicos não aceitavam que fossem abertas casas espíritas na cidade e chamavam a policia para que fechassem a casa (na época).
Na verdade eles estavam com medo de nós espíritas sabermos a verdade por revelações dos espíritos, tal era o medo dos padres, medo de nós espíritas sabermos a verdade sobre Jesus, a verdade da vida sem ao menos sermos católicos.”


Nós, espíritas, somos conhecedores da verdade??
Sabemos ,mesmo o que e qual é a verdade?

Exibições: 36

Responder esta

Respostas a este tópico

Oi Vanessa, em momento algum eu quis que a questão da surpresa estivesse em evidência, eu entendi seu ponto de vista claramente... quis dizer que o que li me despertou o racioncínio que fiz e procurei enfatizar apenas que para os cristãos de qualquer religião, a surpresa não seria tão grande assim, pois não é só o espiritismo que fala de vida após a morte, as outras acreditam também, ainda que a forma de compreender seja diferente, pois pode ser que não acreditem na reencarnação, mas aí já é outra história. Católicos por exemplo acreditam que quando morremos vamos para o céu ou para o inferno, evangélicos também, isso é vida após a morte... eles não acreditam na reencarnação.

A ênfase está na pergunta que eu fiz, essas representações, céu e inferno, colônias e umbrais seriam fragmentos da verdade?
Concordo com você. Não acho que foi radical em suas colocações, só acrescentando que mesmo os espíritas que nascem espíritas estão suscetíveis a sofrer as influências, ou como você disse “vícios”, idolatrismos, etc. O Brasil sendo um país com fortes raízes religiosas carrega em sua bagagem cultural todos esses vícios, isso fica mais claro quando lemos certas obras intituladas espíritas, e percebemos a influência de outras religiões presentes nas mesmas.
Interessante seu comentário sobre a base da doutrina, é um ponto que sempre bati.

Quando aprendermos a estudar as obras básicas, desenvolver o pensamento crítico e de responsabilidade, poderemos compreender o que é o espiritismo de verdade, enquanto isso não ocorrer teremos um “catolicismo melhorado”, pois aceitamos tudo sem refutar, sem investigar não só com um espírito, mas com muitos de todas as partes do planeta.

Não é possível entrar na faculdade se não aprendi a ler nem escrever, antes tive que entender e aprender o básico, é isso que nos falta atualmente, entender o básico do espiritismo.

Arthur de Souza Carvalho disse:
Aqui cabe uma coisa importante que não é o ler tudo quanto é coisa referente ao espiritísmo pois se fazes isso podemos praticamente afirmar que irás cair em muitas mistificações..

Não é porque algo diz ser espírita ou estar de acordo com o espiritismos que isso o seja...

Vemos claramente em muitas casa espíritas nas quais os dirigentes não nasceram espíritas, e vindo de outras religiões guardam certos "vícios" e atração por rituais, imagens, formas de se dizer tal, ou tal coisa..

Na minha forma de ver não se pode ser cristão-espírita sem o estudo..

O fato de ir na casa espírita não o torna espírita, o torna um irmão que simpatiza com a doutrina e com alguns ensinamentos.
O ser espírita implica na vivência, e na reforma íntima sendo levado em conta o esforço que o indivíduo faz para se melhorar...

Muitas pessoas simpatizam com a doutrina hoje em dia, muitos procuram entende-la e estuda-la, mas se perdem em livros "contemporâneos" e não se preocupam com a Base da doutrina (Kardec) chegando a absurdos de dizer que kardec está ultrapassado....


Dissem isso pois chega um momento que sabendo das coisas tem conhecimento que o ser espírita significa abrir mão, e ainda não se veem prontos para seguir a Deus, e deixar de seguir a Mamomm....

Bem, a idéia não era escrever todo esse texto.. hahaha, mas vale a pena a lembrança desses pontos...


/body>
Jananina e arthur perfeitos :D

entendi agora arthur, é que aqui onde vivo como a janaina disse, os que nascem espíritas às vezes acham que são mais que os outros e sobem pra cabeça, e a coerencia e o respeito de quem chega depois é dirferente. mas perfeito agora entendi :D

abraço

Arthur de Souza Carvalho disse:
Eu compreendo

EU não quiz dizer de uma forma generalizada, e digo isso pelo que vejo na região em que vivo...
Infelizmente aqui muitos dos que "não nasceram espíritas" se simpatizaram mas não tiveram o devido cuidado com o estudo, dai que vieram os problemas pois são ótimas pessoas, mas com algumas visões distorcidas acabam trazendo coisas não espíritas para uma casa espírita...

acho que assim eu consigo ser um pouco mais claro.....



Igor Fernandes disse:
Bom Arthur, concordo com tudo o que você disse, mas acho que está sendo radical demais dizendo que pessoas que não nascem espíritas conduzam o trabalho de forma incoerente à doutrina, concordo com tudo sobre kardec e obras básicas, e que temos que rever o conceitos contemporâneos, mas dizer que pessoas não nascidas espíritas vc está indo contra a igualdade dos seres e o espírita nm passa de mais na imensidade e na diversidade de conceitos sobre a vida e a morte!

Arthur de Souza Carvalho disse:
Aqui cabe uma coisa importante que não é o ler tudo quanto é coisa referente ao espiritísmo pois se fazes isso podemos praticamente afirmar que irás cair em muitas mistificações..

Não é porque algo diz ser espírita ou estar de acordo com o espiritismos que isso o seja...

Vemos claramente em muitas casa espíritas nas quais os dirigentes não nasceram espíritas, e vindo de outras religiões guardam certos "vícios" e atração por rituais, imagens, formas de se dizer tal, ou tal coisa..

Na minha forma de ver não se pode ser cristão-espírita sem o estudo..

O fato de ir na casa espírita não o torna espírita, o torna um irmão que simpatiza com a doutrina e com alguns ensinamentos.
O ser espírita implica na vivência, e na reforma íntima sendo levado em conta o esforço que o indivíduo faz para se melhorar...

Muitas pessoas simpatizam com a doutrina hoje em dia, muitos procuram entende-la e estuda-la, mas se perdem em livros "contemporâneos" e não se preocupam com a Base da doutrina (Kardec) chegando a absurdos de dizer que kardec está ultrapassado....


Dissem isso pois chega um momento que sabendo das coisas tem conhecimento que o ser espírita significa abrir mão, e ainda não se veem prontos para seguir a Deus, e deixar de seguir a Mamomm....

Bem, a idéia não era escrever todo esse texto.. hahaha, mas vale a pena a lembrança desses pontos...


VANESSA TOLEDO disse:
Por q vc nao entendeu a parte em negrito????

Destacando q a opiniao eh: MINHA

Pois eh.. concordo com os dois acima ai!!!

E, pra mim, ESTUDAR é super importante!!!

Tenho muito a aprender ainda sabe... Mas estou no caminho... adoro ler tudo qto eh coisa referente ao espiritismo... Me esclarece muitas coisas...

^^
Hum entendo... Acho que entendi sua questão agora!

JANAINA VALADARES TORRES disse:
Oi Vanessa, em momento algum eu quis que a questão da surpresa estivesse em evidência, eu entendi seu ponto de vista claramente... quis dizer que o que li me despertou o racioncínio que fiz e procurei enfatizar apenas que para os cristãos de qualquer religião, a surpresa não seria tão grande assim, pois não é só o espiritismo que fala de vida após a morte, as outras acreditam também, ainda que a forma de compreender seja diferente, pois pode ser que não acreditem na reencarnação, mas aí já é outra história. Católicos por exemplo acreditam que quando morremos vamos para o céu ou para o inferno, evangélicos também, isso é vida após a morte... eles não acreditam na reencarnação.

A ênfase está na pergunta que eu fiz, essas representações, céu e inferno, colônias e umbrais seriam fragmentos da verdade?
Sabe IGOR, acho q o que mais tem, é espírita que se acha superior aos demais irmãos...
Nossinhora...
Tudo quanto é centro é asim sabe...
E é ai que a gente perde a oportunidade de trazer mais irmãos pro espiritismo... pq os que tao la dentro, nao dao exemplo... mas isso nao vem ao caso agora...

Concordo com o q vc disse JANAINA, antes de tudo, temos que entender pelo menos o básico... isso realmente eh FUNDAMENTAL...
Se tudo começou em KARDEC, temos que começar por ele também... pra depois, com maior conhecimento, e discernimento, partirmos pra outras obras... =D
É isso aí. Não podemos começar a obra pelo telhado. O que estamos fazendo com essa tempestade de obras mediúnicas (muiiiito interessantes... comercialmente falando) é desperdiçar todo o trabalho criterioso de Kardec. A continuarmos assim, faremos o mesmo que fizemos com o cristianismo primitivo, original. Ou seja, deturpar.

VANESSA TOLEDO disse:
Sabe IGOR, acho q o que mais tem, é espírita que se acha superior aos demais irmãos...
Nossinhora...
Tudo quanto é centro é asim sabe...
E é ai que a gente perde a oportunidade de trazer mais irmãos pro espiritismo... pq os que tao la dentro, nao dao exemplo... mas isso nao vem ao caso agora...

Concordo com o q vc disse JANAINA, antes de tudo, temos que entender pelo menos o básico... isso realmente eh FUNDAMENTAL...
Se tudo começou em KARDEC, temos que começar por ele também... pra depois, com maior conhecimento, e discernimento, partirmos pra outras obras... =D
Bem colocado BETO: "Não podemos começar a obra pelo telhado"
Pra mim voce falou tudo nessa frase!
Temos que ter a base antes de construir qualquer coisa... E como já foi dito, a base da doutrina espírita se fundamenta nas obras de KARDEC!
;-)
Ctza Vanessa, infelismente não temos bons exemplos pra chamr pessoas novas, maas eles ainda são minoria, o importante tb é nós fazermos, nós darmos o exemplo e não qrer que outros deem, acho que começando por ai tudo se ajeita ;D

bjão ;*

VANESSA TOLEDO disse:
Sabe IGOR, acho q o que mais tem, é espírita que se acha superior aos demais irmãos...
Nossinhora...
Tudo quanto é centro é asim sabe...
E é ai que a gente perde a oportunidade de trazer mais irmãos pro espiritismo... pq os que tao la dentro, nao dao exemplo... mas isso nao vem ao caso agora...

Concordo com o q vc disse JANAINA, antes de tudo, temos que entender pelo menos o básico... isso realmente eh FUNDAMENTAL...
Se tudo começou em KARDEC, temos que começar por ele também... pra depois, com maior conhecimento, e discernimento, partirmos pra outras obras... =D
Com certeza...
O exemplo é FUNDAMENTAL...

Se a gente tivesse consciencia do tanto que gente (encarnada/desecarnada) está nos observando... vendo o que estamos fazendo... a gente daria o exemplo sempre...

Quantas vezes nao escutei de pessoas assim: "AÍ OH, OLHA O Q AQUELA PESSOA TA FAZENDO... E AINDA SE DIZ ESPÍRITA"

E quandos desencarnados em trabalhos mediúnicos dizem: "QUEM EH VC PRA QUERER ME AJUDAR, ACONSELHAR? EU SEI MUITO BEM O QUE VOCE FAZ..."

Entao... Temos que dar exemplo sempre... Exemplos na prática e no estudo...
Minha modesta contribuição poética para as reflexões sobre A Verdade

Vagava Buda, por Kosala, um dia,
Seguido por quinhentos aprendizes
Até que achou num vilarejo o Bosque
Dos Devas, os Espíritos felizes.

Parou ali, sem grandes pretensões
E viu chegarem sacerdotes brâmanes,
Que logo se sentaram a conversar
Em busca de aprender o Dharma Búdico

Um deles, bem mais jovem que os demais,
Chamou de pronto a atenção do Buda.
De olhar no Mestre, Kaphatika expôs,
Acerca da Verdade, sua dúvida:

"Se, conhecendo mantras e Escrituras,
Os brâmanes julgassem ter achado
Maior Verdade que a do mundo inteiro,
O que dirias tu, Iluminado?"

"Acaso já encontraste, Kaphatika,
Um brâmane ou Mestre que julgasse
A fé que tem melhor que as outras todas
E a tudo diferente desprezasse?

"Se assim houvesse ao menos um, te digo,
Seria ele como um cego em fila
Ao lado de outros cegos, convencidos
De verem tudo aquilo que cintila

"E digo mais: se alguém, por fé, idéias,
Razão, por tradição ou por vontade,
Julgasse possuir a Luz inteira,
Esse alguém faltaria com a Verdade"

"Explica, então: o que esperar do sábio,
De nobre pensamento e mente clara,
Em busca da Verdade, quando queira,
Em vez de suprimi-la, preservá-la?"

"Escuta, pois, o que te digo agora:
Aquele que tem fé no que acredita
E guarda convicção na fé que tem
Mas a ninguém, por isso, infelicita,

"Nem julga-se mais certo que os demais,
Nem vê no diferente a falsidade,
Respondo a ti, ó, Kaphatika, é este,
E este só quem preserva A Verdade."

http://espiritodearte.blogspot.com/2010/02/dialogos.html
Faço da primeira resposta, do meu amigo Anderson, base da minha.

1 - Podemos observar que o espiritismo se caracteriza, quanto a sua natureza, “por ser divina a sua origem e da iniciativa dos espíritos e fruto do trabalho do homem ”(A Gênese cap. 13 in fini), mas tem seu caráter é o da eterna verdade.

2 - Conduzir-se com verdade é conduzir-se o mais próximo e exato possível da realidade. É ter sinceridade e boa fé em todas as ações e pensamentos. É procurar ser autêntico, fiel, legítimo e legal. Parecer o que realmente é. (Vera Meira Bestene)

3 - Jesus disse: “Vim ao mundo dar testemunho da Verdade”e ainda: “Eu sou a verdade”. Isto se fez necessário porque a humanidade inteira, o homem em si, só acredita naquilo que vê. E se fez necessário que Jesus viesse nos dar sua vida para que acreditássemos em sua Verdade.


É necessário sintonizarmos à percepção intuitiva, aos olhos do espírito, àquele que realmente vê, para que possamos ter a certeza da percepção, compreensão e efetivação da verdade em nossas vidas. Chamada também de voz da consciência.

Agora, considerando tudo isso...

Disse o Espírito de Verdade:

“ Venho, como outrora aos transviados filhos de Israel, trazer-vos a verdade e dissipar as trevas. Escutai-me. O Espiritismo, como o fez antigamente a minha palavra, tem de lembrar aos incrédulos que acima deles reina a imutável verdade: o Deus bom, o Deus grande, que faz germinem as plantas e se levantem as ondas. Revelei a doutrina divinal.

Como um ceifeiro, reuni em feixes o bem esparso no seio da Humanidade e disse: “Vinde a mim, todos vós que sofreis."

Mas, ingratos, os homens afastaram-se do caminho reto e largo que conduz ao reino

de meu Pai e enveredaram pelas ásperas sendas da impiedade. Meu Pai não quer aniquilar a raça humana; quer que, ajudando-vos uns aos outros, mortos e vivos, isto é, mortos segundo a carne, porquanto não existe a morte, vos socorrais mutuamente, e que se faça ouvir não mais a voz dos profetas e dos apóstolos, mas a dos que já não vivem na Terra, a clamar: Orai e crede! pois que a morte é a ressurreição, sendo a vida a prova buscada e durante a qual as virtudes que houverdes cultivado crescerão e se desenvolverão como o cedro.

Homens fracos, que compreendeis as trevas das vossas inteligências, não afasteis o facho que a clemência divina vos coloca nas mãos para vos clarear o caminho e reconduzir-vos, filhos perdidos, ao regaço de vosso Pai.

Sinto-me por demais tomado de compaixão pelas vossas misérias, pela vossa fraqueza

imensa, para deixar de estender mão socorredora aos infelizes transviados que, vendo o céu, caem nos abismos do erro. Crede, amai, meditai sobre as coisas que vos são reveladas; não mistureis o joio com a boa semente, as utopias com as verdades.

Espíritas! amai-vos, este o primeiro ensinamento; instruí-vos, este o segundo. No Cristianismo encontram-se todas as verdades; são de origem humana os erros que nele se enraizaram. Eis que do além-túmulo, que julgáveis o nada, vozes vos clamam: "Irmãos! Nada perece. Jesus-Cristo é o vencedor do mal, sede os vencedores da impiedade." - O Espírito de Verdade. (Paris, 1860.)

Responder à discussão

RSS

A OJE foi criada com o ideal da união de jovens espíritas, sua sede é em Uberlândia-MG onde trabalhamos para união de mocidades da cidade.

Badge

Carregando...

Notas

Confira os destaques do Movimento Espírita na Europa

Criado por Redação OJE 25 Jul 2010 at 19:11. Atualizado pela última vez por Redação OJE 25 Jul, 2010.

Filme "Nosso Lar" leva às telas o famoso livro de Chico Xavier

Criado por Redação OJE 25 Jul 2010 at 18:44. Atualizado pela última vez por Redação OJE 25 Jul, 2010.

© 2019   Criado por OJE.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço